Produção

Armando Calado

Desde o início da sua formação musical (curso de canto do Conservatório de Musica de Lisboa), que se foca particularmente nos estudos relacionados com a música clássica.

2002 foi um dos escolhidos para cantar para a Princesa Ana da Inglaterra, aquando da celebração dos 125 anos da Birkbeck University of London. No mesmo ano cantou o Dr. Caius da Ópera “Falstaff”, de Verdi, e o Csar da Ópera “A criada da neve”, de Rimsky-Korsakov, no teatro Peacock de Londres. Em 2003 debutou com o papel de Gastonne da Ópera “A Traviata”, de Verdi, com a West London Opera Company.

Organiza, desde 2011, a Gala de Ópera no Jardim, em Almeirim, que tem tido as melhores críticas. Em 2011 cantou o papel de um dos Monges da Ópera “Don Carlos”, de Verdi. Em 2012 cantou a parte do Mágico na Ópera “As Damas Trocadas”, de Marcos Portugal, em vários pontos do país. Em 2013 organizou uma masterclass de canto, em Almeirim, com a famosa professora de canto Jenny Anvelt-Scarafoni, que trouxe alunos desde o Japão, Itália e Rússia até Almeirim. Em 2014 trouxe a Portugal a grande Mezzo – Soprano Fiorenza Cossotto – para uma masterclass, culminando com uma Gala de Ópera em sua homenagem. Em 2010 fundou o Coro Litúrgico da Imaculada Conceição da Paróquia de Almeirim, do qual é o maestro até à presente data.

Em 2019 produziu com grande sucesso o musical “O Fantasma da Ópera” – de Sir Andrew Lloyd Webber, com uma grandiosa produção de mais de 130 artistas em palco – que esgotou as várias datas no Coliseu do Porto Ageas e Campo Pequeno, em Lisboa. Regressa agora com a produção de “Evita”.